Exportações de couro crescem em abril

Exportações de couro crescem em abril

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Rate this article:
No rating

O Brasil apresentou crescimento em suas exportações de couros e peles no mês de abril. Foram 15,946 milhões de metros quadrados vendidos ao exterior neste período, o que significa uma alta de 2,3% em relação à metragem comercializada em abril de 2015 (15,589 milhões). A análise é feita pela inteligência comercial do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) com informações da Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Considerando todo o quadrimestre do ano, a área de couro comercializada também apresenta crescimento: 8,7% a mais em metragem quadrada em relação aos quatro primeiros meses de 2015. Em reais, o valor exportado de janeiro a abril chegou à marca de R$ 2,663 bilhões, ou seja, 7,1% a mais ante o mesmo mês de 2015 (R$ 2,487 bilhões).

O presidente executivo do CICB, José Fernando Bello, sublinha que o crescimento nas exportações em 2016 se deu especialmente nos couros de maior valor agregado: 114,2% a mais na metragem de couros semiacabados e 16,4% a mais nos acabados de janeiro a abril em comparação com 2015. Fazer subir as vendas deste tipo de produto é um dos grandes objetivos da indústria nacional. “Esses são dados que têm sido muito celebrados e são fruto de uma grande mobilização em promover sustentabilidade, relacionamento comercial e aprimoramento da imagem do país junto aos mais de 80 países compradores de couro brasileiro.  As ações do projeto Brazilian Leather – uma iniciativa do CICB e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) – têm se mostrado determinantes para estes resultados tão positivos”, destaca o executivo. Bello lembra que o câmbio é um fator preponderante para a competitividade do produto brasileiro no exterior e, por isso, é importante o retorno aos patamares de R$ 3,90.

A partir de agora, a análise das exportações brasileiras de couros e peles é apresentada em metros quadrados e não mais em número de peles, como ocorreu até março. Segundo o setor de inteligência comercial do CICB, a apresentação nessa medida é mais precisa para a interpretação de dados relativos ao couro, considerando que há variação de área e peso em cada unidade de pele. Esta forma de análise também alinha-se com o padrão adotado mundialmente para a divulgação de informações do gênero, de acordo com o International Council of Tanners (ICT), a entidade máxima do setor de couros em nível mundial.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Number of views (2739)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Cotação (máx)
R$ 3,00
BRFSC
R$ 3,10
AuroraSC
R$ 3,10
JBS
R$ 3,10
Pamplona
R$ 3,68
MT
R$ 3,78
RS
R$ 3,80
SC
R$ 3,94
SP
R$ 4,00
PR
R$ 4,20
GO
R$ 4,20
MG
R$ 30,30
Milho SP
R$ 30,38
Milho SC
R$ 60,57
Soja SP
R$ 64,00
Soja SC



Powered by BlueServer
O Site da Carne é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.