Queda no preço da carne favorece deflação em julho na Capital

Queda no preço da carne favorece deflação em julho na Capital

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Rate this article:
No rating
 
Campo Grande fechou o mês de julho com deflação de 0,24% pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), o menor índice entre as 13 capitais pesquisadas. Segundo dados divulgados nesta quarta-feira (9) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a queda de 2,02% no preço da carne foi um dos fatores que ajudaram a reter a inflação na cidade.
 
A cidade teve índices negativos pela terceira vez este ano. Em junho a deflação chegou a 0,40% e em abril fechou em -0,13%.
 
Em contrapartida, conforme o IBE, no acumulado dos últimos 12 meses o município registra inflação de 2,94%. Considerando apenas os sete primeiros meses de 2017 o IPCA fechou em 0,59%.
 
Ainda levando em consideração a série histórica, a deflação de julho perde apenas para 2014, quando a cidade passou a fazer parte da pesquisa. Naquele ano, o índice fechou em -0,25%, com aumento para 0,52% em 2015 e 0,74% em 2016.
 
Na contramão da carne, que ajudou a reter o aumento de preços, a energia elétrica sofreu variação de 1,67% favorecida principalmente pela entrada da bandeira amarela na tarifa do serviço durante o mês passado. Esse índice, contudo, foi o segundo menor do país.
Oito das treze unidades federativas pesquisadas tiveram deflação. Essa desaceleração, conforme o resultado do estudo, foi fortemente influenciada pelos grupos transportes, com queda de 0,98% contra alta de 0,37% em junho, e despesas pessoais, que de 1,57% em junho passou para 0,12%.
 
Entre os alimentos, vários ficaram mais baratos de junho para julho, especialmente a batata inglesa (-18,84%) e o tomate (-17,33%). Em contrapartida, o leite teve alta de 2,16%, o que favoreceu o encarecimento de alguns derivados, como queijo (1,82%), leite em pó (0,87%) e iogurte (0,52%).
 
O IPCA, usado como índice oficial da inflação do País, refere-se às famílias com renda de um a 40 salários mínimos e abrange dez regiões metropolitanas, além de Campo Grande, Goiânia e Brasília.
 
 
Fonte: Campo Grande News
 
https://www.campograndenews.com.br/economia/queda-no-preco-da-carne-favorece-deflacao-em-julho-na-capital

Number of views (242)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Cotação (máx)
R$ 3,00
BRFSC
R$ 3,10
AuroraSC
R$ 3,10
JBS
R$ 3,10
Pamplona
R$ 3,68
MT
R$ 3,78
RS
R$ 3,80
SC
R$ 3,94
SP
R$ 4,00
PR
R$ 4,20
GO
R$ 4,20
MG
R$ 30,30
Milho SP
R$ 30,38
Milho SC
R$ 60,57
Soja SP
R$ 64,00
Soja SC



Powered by BlueServer
O Site da Carne é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.