SP: crise econômica prejudicou a qualidade da alimentação do brasileiro em 2016, aponta estudo do IEA

SP: crise econômica prejudicou a qualidade da alimentação do brasileiro em 2016, aponta estudo do IEA

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Rate this article:
No rating

São Paulo/SP

A crise econômica vivenciada pelo Brasil nos últimos dois anos e os elevados índices de desemprego ocasionaram a perda do poder aquisitivo da população, diminuindo em 1,45% o consumo de carnes na dieta em 2016. Por outro lado, o consumo de ovos aumentou cerca de 5%, acompanhado de salsichas e cortes menos nobres de carne, conforme constatou o Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Em artigo sobre o tema, intitulado “Dowsizing Proteico”, o diretor do IEA, Celso Luis Rodrigues Vegro, afirmou que, apesar do incremento de proteínas de boa qualidade na alimentação, verificado a partir de 2006, este consumo teve um decréscimo de 19,12 milhões de toneladas para 18,85 milhões de toneladas de carne bovina, suína ou de frango entre 2015 e 2016. Nesse período, a ingestão de ovos pela população brasileira saltou de 191 para 201 unidades por habitante ao ano.

“Nas crises anteriores, quando havia uma restrição na renda das famílias ou elevação nos preços da carne bovina, imediatamente ocorria a substituição por carne de frango no cardápio cotidiano. O que se constata nesses dois últimos anos, contrariando períodos anteriores, foi a queda na comercialização de aves, como frango, peru e chester”, avaliou o diretor do Instituto.

Para o especialista, o consumo de proteína animal é importante para equilibrar a dieta alimentar do brasileiro, na qual, atualmente, predominam os alimentos energéticos (carboidratos) e lipídicos (ricos em gorduras). “Desvelar essa condição permite aos formuladores de políticas desenhar mecanismos para que, apesar do desemprego e das dificuldades em superar a crise econômica, permitam arrefecer a diminuição da participação da proteína animal de qualidade no cotidiano da alimentação do brasileiro”, disse.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, “o artigo é importantíssimo, pois mostra mais um aspecto da perversa crise econômica a que fomos submetidos, e que comprometeu a qualidade da alimentação dos brasileiros”. 

Para o titular da Pasta, apesar da crise econômica e política dos últimos anos, o setor agropecuário foi um raro exemplo de balanço positivo. “Mesmo marcado por alguns desafios, este ano nos permitirá avançar rumo à recuperação da estabilidade econômica. Por isso, nossa missão é elaborar políticas públicas que garantam alimento bom, com baixo custo para a população paulista e brasileira. Zelar pela saudabilidade dos alimentos e apoiar o setor produtivo, principalmente o pequeno produtor e o agricultor familiar, são orientações do governador Geraldo Alckmin para a Pasta”, afirmou.

O artigo completo:

http://www.iea.sp.gov.br/out/LerTexto.php?codTexto=14228


Fonte: SAA/SP 

Number of views (1290)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Cotação (máx)
R$ 3,00
BRFSC
R$ 3,10
AuroraSC
R$ 3,10
JBS
R$ 3,10
Pamplona
R$ 3,68
MT
R$ 3,78
RS
R$ 3,80
SC
R$ 3,94
SP
R$ 4,00
PR
R$ 4,20
GO
R$ 4,20
MG
R$ 30,30
Milho SP
R$ 30,38
Milho SC
R$ 60,57
Soja SP
R$ 64,00
Soja SC



Powered by BlueServer
O Site da Carne é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.