Uruguai fecha acordo com China para certificação da carne

Uruguai fecha acordo com China para certificação da carne

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Rate this article:
No rating

O Instituto Nacional da Carne do Uruguai (INAC) e o Grupo de Certificação e Inspeção da China (CCIC) assinaram um acordo no centro de convenções de Punta del Este, como parte da cúpula China-LAC, com o objetivo de “diferenciar a carne uruguaia com base na rastreabilidade.”

O desafio será alcançado “através da implementação de uma plataforma de rastreabilidade comercial, através de um processo de certificação que garanta e preserve a identidade dos produtos à base de carne ao longo do processo de produção, processamento e distribuição.”

“A rastreabilidade comercial refere-se à soma de dados consistentes das etapas de produção de gado no campo e à industrialização da carne nos frigoríficos. Isso permite anexar aos produtos exportados de carne informações relevantes aos consumidores, a através de aplicativos para celulares, para garantir tudo o que é avaliado na decisão de compra: origem, autenticidade, especificações do produto e controle de processos, entre outros.”

O acordo tem quatro pilares fundamentais em que se baseia: a soberania sanitária exclusiva do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pescas (MGAP); a soberania do controle oficial da qualidade comercial exclusiva do INAC; a natureza voluntária para empresas exportadoras no Uruguai; e o caráter igualitário para todos os agentes da cadeia comercial, tantos exportadores do Uruguai como importadores e varejistas da China.

Este esforço representa uma oportunidade única para colocar o consumidor da China em contato direto com as características dos processos de produção do Uruguai, através da leitura de um código QR em produtos à base de carne, permitindo aprofundar os conceitos de “venda de confiança e embalar a natureza” da marca Carnes del Uruguay, como forma de se diferenciar dos concorrentes, gerando valor e fidelidade dos consumidores.

A plataforma de rastreabilidade comercial é possível graças ao trabalho conjunto e coordenado do Sistema Nacional de Informação sobre Pecuária (SNIG) do MGAP e do Sistema de Informação Eletrônica da Indústria de Carne (Seiic) do INAC, desenvolvendo operações de rotina, tanto no de campo como de plantas frigoríficas.

Fonte: El Observador, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Number of views (109)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Cotação (máx)
R$ 3,00
BRFSC
R$ 3,10
AuroraSC
R$ 3,10
JBS
R$ 3,10
Pamplona
R$ 3,68
MT
R$ 3,78
RS
R$ 3,80
SC
R$ 3,94
SP
R$ 4,00
PR
R$ 4,20
GO
R$ 4,20
MG
R$ 30,30
Milho SP
R$ 30,38
Milho SC
R$ 60,57
Soja SP
R$ 64,00
Soja SC



Powered by BlueServer
O Site da Carne é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.